Pastor José Britto Barros, o ANDARILHO

fevereiro 13, 2010

ESTÁ AMARRADO EM NOME DE JESUS

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 10:52 AM

Já o acusador de nossos irmãos é derribado. Apocalipse 12.10

Estou cansado de ouvir esta frase sem valor qualquer. Como é que alguns crentes se acham capazes de amarrar Satanás, mesmo querendo fazê-lo EM NOME DE JESUS? Não podemos fazer em nome de Jesus algo que Ele não faz. Ele enfrentou o diabo com a Bíblia, mandou Pedro para trás quando este se deixou dominar pelo inimigo, mandou que o inimigo saísse de tantas pessoas que escravizara, mas nunca, NUNCA o disse amarrado. Então por que nós queremos fazer isso? E se é possível amarrá-lo como é que ele continua agindo e tentando e até dominando vidas aqui, ali e além? Se alguém o amarra e ele se solta tais cordas são muito fracas… E se ele está preso a corda está muito comprida pois ele age em muitos lugares sem que outros possam amarrá-lo. O que a Bíblia diz é que temos que estar revestidos de TODA A ARMADURA DE DEUS para ficarmos firmes contra as ASTUTA CILADAS do diabo (Efésios 6.11) e Tiago adverte RESISITR ao diabo (Tiago 4.7) sujeitando-nos a Deus e o inimigo fugirá de nós. “Amarrado em nome de Jesus é invenção humana que não encontra respaldo na palavra de Deus (TODA, NÃO APENAS UMA OU DUAS ARMAS, MAS TODA QUE TEM SETE ARMAS) e opondo-nos ao inimigo e ele vai fugir.

Pensamento para o dia: Jesus já derrotou Satanás, devo ficar com Jesus e a vitória será grandiosa.

fevereiro 12, 2010

RENDIÇÃO TOTAL

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 12:01 AM

 Pai, não seja como eu quero, mas como tu queres. Mateus 26.39

Dos muitos livros que tenho lido lembro-me bem da biografia de David Brainerd que Dr. Davis me emprestou nos idos de 1954 quando trabalhava com ele que era então o meu Pastor terreno. David Brainerd foi um jovem muito consagrado ao Senhor. Escreveu um poema de quatro estrofes, sem título que tive o privilégio de traduzir e aqui vai como desafio aos que hoje se chamam Obreiros do Senhor. Leia-o e veja se pode assinar seu nome em baixo. Inspirou-me tal poema nestes 52 anos de atividades espirituais. Versos do diário de David Brainerd, traduzido do inglês em 1954 pelo Pastor José Britto Barros.

 Oh, Amarga vergonha tenho agora
Daquele dia em que, orgulhoso, outrora,
Ao Salvador que me quis ajudar,
Altivamente, eu pronto respondi:
Quero tudo de mim, quero nada de ti!…
 
Procurou-me, porém, com gran ternura
E contemplei da cruz toda a tortura
Entre a qual pelos homens ele orou…
Então ansiosamente lhe pedi:
Quero muito de mim, quero um pouco de ti!….
 
Mas Cristo dia a dia veio me dar
As provas desse amor tão singular
Procurando do abismo soerguer-me…
Assim humildemente requeri:
Quero pouco de mim, quero muito de ti…
 
Porém, mais alto do que os altos céus,
E mais intenso do que os escarcéus,
Senhor, teu grande amor venceu-me ao fim!
Ó dá-me o que te peço e esquece que descri:
Quero nada de mim, quero tudo só de ti!

 Pensamento para o dia: Seguindo o grande exemplo deste servo do Senhor continuo tentando viver em completa rendição ao Cristo imortal dos Séculos, meu Senhor total.

fevereiro 11, 2010

MÃOS CICATRIZADAS

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 12:03 AM

E Jesus se apresentou no meio deles e disse-lhes: Paz seja convosco! Vede as minhas mãos!  Lucas 24.36 e 39

Aconteceu na África misteriosa a história que segue, encontrada em um folheto da organização The African Challenge.

Sra. Mbadiwe sabia que o telhado de capim de seu casebre era muito velho e estava perigando, mas não tinha dinheiro para trocá-lo e seu esposo estava morto. Tinha um menino chamado Adenigi. Ela foi ao mercado vender seus bolinhos de feijão e doce de banana. O filho sempre ia com ela mas nesse dia ficou com a vizinha e teve sono e foi para a cabana e dormiu. O fogo estava destruindo a barraca quando a sra. Mbadiwe chegou. Como iria viver agora? Mas o pior – descobriu que o filho estava dormindo dentro da barraca. O sapateiro da vila era descrente e mau; o sr. Ofuoka atravessou o fogo e lá dentro acordou Adenigi e com ele segurando em seu ombro rompeu as labaredas com as mãos. O menino foi salvo mas as mãos do sr. Ofuoka ficaram totalmente desfiguradas pelo fogo. No hospital recuperou-se, mas as mãos estavam marcadas para sempre. Dois anos depois a mãe de Adenigi morreu e os vizinhos se reuniram para resolver quem ficaria com ele. Duas pessoas se ofereceram mas quando Ofuoka mostrou suas mãos cheias das marcas do fogo resolveram que ele seria a melhor pessoa para cuidar do menino e assim Adenigi foi morar com o sr. Ofuoka; só que ele não orava, não cantava hino nem liga a Bíblia e Adenigi sentia falta dessas coisas. Um dia Adenigi veio correndo para dentro de casa trazendo uma figura que alguém lhe dera. Papai, disse ele, olhe papai, este homem parece com o sr. Ele tem marcas em suas mãos. E mostrou a figura ao sr. Ofuoka que leu além da figura de Jesus estas palavras: “Vede as minhas mãos”. E o menino perguntou: Este homem ganhou estas marcas salvando alguém com você ganhou as suas me salvando do fogo? Sr. Ofuoka ficou perturbado e o menino insistiu. Se o sr. Sabe a história deste homem conte-a para mim. E o sr. Ofuoka contou-lhe a história de Jesus morrendo com as mãos rasgadas e acrescentou: MAS ISSO É UM CONTO DE FADAS, EU NÃO ACREDITO. Mas papai, disse Adenigi, se alguém olhar suas mãos cicatrizadas pode dizer que não acredita mas isso não mudará a verdade. Mesmo que o sr. não acredite que Jesus morreu para nos salvar  mas sua descrença não fará que isso não tenha acontecido. Eu creio que Ele adquiriu essas marcas salvando alguém. O tempo passou, o menino guardou o quadro e o sr. Ofuoka procurou uma Bíblia, leu a história de morte de Jesus e reconheceu que Jesus ganhou aquelas marcas para salvar a sua alma e ele aceitou Jesus como o seu Salvador. “Vede as minhas mãos”. Elas foram rasgadas por mim e por ti. Aceita pois o grande livramento que Jesus oferece.

Pensamento para o dia: Como poderia eu salvar-me se Jesus não se dera por mim no Calvário? Maravilhoso o amor que me constrange a amá-lo por toda a minha vida.

fevereiro 10, 2010

HABITA EM MIM

Filed under: Vídeos — pastorjosebrittobarros @ 12:04 AM

UMA GRANDE MULHER RESSUSCITADA

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 12:01 AM

Quando Pedro chegou a Jope o levaram ao quarto onde estava o corpo de Dorcas e todas as viúvas o rodearam chorando e mostrando as túnicas e vestidos que Dorcas fizera quando estava com elas. Atos 9.39

 A parte final do capítulo nove de Atos fala morte de Dorcas e do milagre que Deus operou através de Pedro trazendo-a de volta a vida. Muita coisa tem sido dita e escrita sobre este fato sobrenatural. Para alguns ela não estava morta, apenas sofreu um ataque que a deixou como se morta fôra. Mas tem algo a aprender deste fato. 1. Pessoas crentes e fiéis e operosas não estão vacinadas contra problemas. A teologia da prosperidade e da imunidade não tem vez no ministério de Cristo e na vivência dos servos de Deus do Novo Testamento como também aconteceu com servos do Senhor e até com os profetas do Velho Testamento; você, eu, todos que cremos e trabalhamos para Deus, todos que crêem em Jesus não estamos vacinados contra os problemas do viver terreno; Jesus mesmo disse: “No mundo tereis aflições”. (João 16). 2. A nossa vida deve beneficiar segundos e terceiros. Dorcas viúva se pôs a trabalhar costurando túnicas e vestidos para outras viúvas. Muitas vezes queremos nos esconder atrás de nossos problemas e dores para nada fazer aos  que nós estão carecendo receber ajuda mas assim não devemos agir pois nossa vida deve ser canal de bênção para outros. 3. Quando Deus quer agir não depende dos gritos e clamores de fanáticos que se apresentam ao público. Pedro foi muito simples no seu agir. Mandou que saíssem todas as pessoas e orou de joelhos e o milagre aconteceu sem os gritos de ninguém. 4. Os resultados glorificaram a Deus com a conversão e mudança de vida de outras pessoas. Você já ouviu alguns “testemunhos” pelo rádio ou pela TV de pessoas que participaram da “sessão do descarrego” numa das igrejas da época? O que dizem é que receberam carro, casa, lojas, libertação… mas nada dizem de sua vida transformada e abandono de pecados… tudo o que é dito é do aspecto físico e material. Algo deve estar errado pois “O Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça e paz e alegria no Espírito Santo” (Romanos 14.17). 5. Temos que aproveitar o tempo que nos resta pois não sabemos quantos dias, meses, ou anos nós ainda temos para fazer o que Deus quer que façamos em nossa peregrinação terrena. Dorcas voltou à vida e recomeçou seu grande trabalho para glória de Deus.

Pensamento para o dia: Tenho que ver no livro sagrado como os fatos divinos aconteceram para que não me confunda com as atividades mundanas de tantos falsos operadores de milagres que pululam por aí.

fevereiro 9, 2010

UM APÓSTOLO ASSASSINADO POR UM DÉSPOTA

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 11:58 PM

E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da Igreja para os maltratar; e matou à espada Tiago, irmão de João. Atos 12. 1 e 2.

Naqueles dias ser crente em Jesus era crime e crime de morte. O rei  Herodes estendeu as mãos e mandou matar Tiago à espada, e somente ele era um dos Apóstolos de Cristo. Se tal coisa entre nós do Brasil (porque em outros lugares isso ainda está em uso) estivesse em uso será que teríamos tantos e tantas querendo ser chamados de Apóstolos e Apóstolas, de Bispos e Bispas? Rá! Rá! Rá! Teríamos não! Com certeza não! Pois os que tais pretendem não são as atividades dos Apóstolos verdadeiros e sim as honrarias e benesses que se lhes advêm de tais posições que ocupam para usurpar os humildes e crédulos servos do Senhor. Pois Herodes mandou matar Tiago por ser Apóstolo e ele o era de verdade mas pagou com a vida sua fé e suas obras. Que proveito houve para o reino de Deus tal sacrifício? Porque Deus permitiu tal barbaridade? Onde estava Jesus que interferira dominando Saulo, o grande perseguidor dos crentes? Por que impedira Saulo de ir matar crentes em Damasco e agora não impedira sacerdotes de todo o conselho e todos os outros que se mancomunaram contra Estevão e por fim o apedrejaram cruelmente? Por quê? Por quê? Por quê? Por que não impediu outros crimes contra cristãos verdadeiros nestes quase dois mil anos de história da Igreja? Eu não tenho respostas para tais perguntas mas tenho a garantia de que aos fiéis está reservado um tesouro ímpar – a coroa da vida pois assim está escrito! “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida” (Apocalipse 2.10). Isto bastou a Tiago e a milhares de cristãos do século I assim como aos daí para frente que também pagaram com seu sangue o preço da fidelidade. Praza aos seus que mesmo sem entender porque Deus  tais sofrimentos permite sejamos achados fiéis.

 Pensamento para o dia: Não me empolgue o título que eu tenha, seja-me importante o permanecer fiel ao meu Senhor que me amou e por mim deu a sua vida. Amém.

fevereiro 8, 2010

O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 11:53 PM

O Espírito do Senhor está sobre mim pois me ungiu para apregoar o ano aceitável do Senhor, Lucas 4.18 e 19.

 Um dos encargos de Jesus seria o de apregoar o ano Aceitável do Senhor, ou seja, o ano do jubileu. No ano do jubileu cancelavam-se todas as dívidas, as sentenças de prisão eram comutadas, as terras voltavam aos seus antigos proprietários e todos deveriam perdoar os antigos ressentimentos. Esta era a determinação da lei de Moisés e Jesus deveria apregoar o advento desse ano jubilar pois ele pagaria todas as dívidas e cumpriria todas as sentenças dos réus que estivessem condenados! Maravilhoso o encargo o de Cristo. Ele é o concretizador das promessas divinas, aquele que nos liberta das condenações e penas a que estávamos sujeitos por causa dos nossos abomináveis pecados. E tudo o que perdêramos por causa de nossas transgressões Ele nos fará possuir novamente através de sua graça restauradora e eficaz. Façamos deste ano jo ano do nosso jubileu quando estaremos concretizando os planos de Deus para o seu povo, planos de libertação e de retorno aos seus ideais. O ano do jubileu só nos é possível como ano aceitável do Senhor porque Jesus pagou todas as nossas dívidas e assim fomos libertados gloriosamente e readmitidos na posse das heranças da graça que o pecado nos roubara mas que se tornam outra vez nossa propriedade pelos méritos de Jesus. Para o crente o ano do jubileu está garantido pela Cruz de Cristo, onde está pregada a cédula de nossa dívida e onde está selada a escritura de nossas propriedades eternas. Temos então o privilégio de viver uma vida abundante às expensas de Jesus, nosso provedor mor. Oxalá saibamos desfrutar tal privilégio!

Pensamento para o dia: Quando Jacó foi chamado do Egito com toda sua família ainda haveria 5 anos de fome, mas todos eles foram sustentados por José! Jesus é o José do nosso sustento nestes anos que ainda nos restam de lutas e provações!

fevereiro 7, 2010

MEA CULPA, DOMINE!

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 8:43 PM

Contra ti contra ti somente pequei e fiz o que aos teus olhos parece mal… Salmos  51.4

Foi assim, meu Jesus… Tu sabes tudo. Outra vez te ofendi no meu errar… Fico arrasado e fico triste e mudo… Nem sei ao  menos como me expressar. Até quando Senhor eu mancharei o teu nome? Até quando, Senhor, me abaixarei ao pó? Até quando, Senhor, terei apenas os desejos querendo o bem, fazendo o que é pior? Meus Jesus, lamento e rogo e gemo, e me debato e me envergonho e tremo ante o teu doce olhar de perfeição! Ó meu Senhor, por que será que falho? Dá-me forças, Jesus, dá-me recursos, dá-me viver a santificação! O pecado chegou… eu te esqueci… dei-lhe entrada total, sem restrições e outra vez outra falta cometi… Algo feio, triste, terrível, desastroso… Ó Jesus, até quando esta malsinação? Onde a vida sonhada que me  apontas? Onde o céu da santidade que vislumbro? Onde o gozo real de puro ser? Onde a calma de nunca te ofender? Ó céus, ó Cristo, ó divinal Trindade! Queimai em mim este cruel horror, dai-me o céu da pureza e santidade! Dai-me a graça de ser um benfeitor! De novo meu Jesus, de novo, imploro! Os males de minha alma te deploro mergulhado no tédio e no pecar… Derrama sobre mim, Senhor, derrama fogo vem e inflama… fogo que queima o mal que me angustia e me torna o viver em lamentar! Levanta-te do tédio, Ó Cristo amado, faze-me somente dominado por teu amor, por tua perfeição! Espírito de luz, vem dá-me forças para que nunca o que ordenas transgredir… Ó Cristo! Ó pai divinamente santo, dá-me essa graça de viver o encanto de tudo que me ordenas eu cumprir! Amém!

Pensamento para o dia: Farei hoje outra vez a oração do salmista: “Purifica-me com hissope e ficarei puro, e ficarei mais alvo do que a neve.” Salmos 51.7

fevereiro 6, 2010

TODO OLHO O VERÁ

Filed under: Favos de Mel — pastorjosebrittobarros @ 11:00 PM

Eis que vem com as nuvens, e todo  olho o verá.  Apocalipse 1.7

 

Ah, A volta gloriosa de Jesus! Ah! Que deslumbramento e que glória grandiosa; diz o hino: ”Que  alegria e que glória será quando Jesus regressar!” Como poderei eu em palavras tão pobres expressar todo o brilho, todo  esplendor da segunda vinda de Jesus? Pobres palavras, singelas expressões que pouco ou nada conseguem dizer! Hoje (29/03/06) houve um eclipse do sol às 5h30min da manhã. O mundo inteiro tentou ver. Alguns viram, muitos não! Outro igual só daqui a 40 anos! O último que houve foi em 1946. poucos viram mas quando Jesus vier “Todo o olho o verá”. E será algo deslumbrante! “Oh! que alegria, que glória será quando Jesus regressar!” (Hino 111 C. Cristão). Mas não sabemos o quando. Daí cantarmos também: “Será de manhã, no começo de dia? Será quando a luz pelas trevas penetram que Cristo há de vir com os anjos da glória? Oh Jesus, Salvador, Senhor! Volta Cristo, aleluia! Será na aurora? Será pela tarde? Sim, poderá ser que as trevas da noite se tornem na luz desse brilho de glória!” (Melodias de vitória nº 84 – trechos). Imagine, se puder fazê-lo, a excelsitude do grande evento porvir. Todas as nações (pessoas) de todos os tempos de joelhos, ninguém ficará de pé: “Todo joelho se dobrará”. Eu, você, ricos, pobres, crentes, fiéis, apóstatas, mártires, pregadores, zombadores, incrédulos, perseguidores da obra, devassos, santos, anjos, arcanjos, serafins e querubins… ninguém se omitirá nesta homenagem e reconhecimento total da grandeza suprema e maravilhosa de Jesus. Todo  olho o verá, todos de joelhos e todas as línguas bradando: Jesus é o Senhor! Algo que palavras mil e as mais belas eu as tivesse não poderia nem de longe descrever esta epopéia de glória e magnificência! Acima de tudo esplendoroso e lindo, magistral, grandioso estará o nosso amado maior, o Salvador e Redentor de nossas pobres almas fará conhecida na sentença final da qual ninguém escapará, para o céu ou para o inferno, sem oportunidade alguma da intervenção de segundos ou terceiros e sem apelações quaisquer a outros tribunais… Quanto engano e ilusão naqueles que confiam que haverá segunda oportunidade ou que valerá a interferência dos santos de sua devoção ou da virgem Maria! Abra os olhos para ver Jesus agora e aceitá-lo como seu Salvador pessoal pois naquele  dia você o verá sem dúvida mas se não fizer sua escolha agora será tarde demais. Então prepare-se, Jesus virá buscá-lo e você participará da vitória dos fiéis que o amam e o servem enquanto estão na peregrinação terrena aguardando o grande dia de sua volta.

Pensamento para o dia: Cante comigo: Jesus virá, mui breve voltará!  Jesus virá, do céu retornará! Jesus virá, as trevas vão fugir! Jesus virá, trombetas vão se ouvir! Jesus virá a Igreja arrebatar! Jesus virá, no céu vamos morar! Os salvos todos juntos ficarão. Da igreja as Bodas se celebrarão! E a grande glória do Senhor Jesus será da Igreja arrebatada em luz! (Um dos hinos da Cruzada Algo Maravilhoso; se você quiser cópia e partitura peça que lhas enviarei.)

Amazing Grace (Graça Maravihosa)

Filed under: Vídeos — pastorjosebrittobarros @ 9:44 PM
Amazing Grace (Elvis Presley)
Amazing grace, oh how sweet the sound
That saved a wreck like me
I once was lost, though now I’m found
I was blind, but now I see
When we’ve been there ten thousand years
Bright shining as the sun
We’ve no less days to sing God’s praise
Then when, when we first begun
Through many dangers, toils and snares,
I have already come
It’s grace that brought me safe thus far,
and grace will lead me home.
Amazing grace, oh how sweet the sound
To save a wretch like me

I once was lost, but now I’m found
I was blind, but now I see

 
 
Amazing Grace (Tradução)
Graça maravilhosa! Quão doce é o som
Que salvou um miserável como eu
Eu estava perdido, mas fui encontrado
Estava cego, mas agora eu vejo

Foi a graça que ensinou ao meu coração a ter medo
E a graça aliviou meus medos
Quão preciosa essa graça apareceu
Na hora em que eu acreditei

Por muitos perigos, trabalhos pesados e armadilhas
Eu já passei
Essa graça que me trouxe em segurança de tão longe
E graça vai me levar pra o lar

O Senhor prometeu boas coisas para mim
Sua palavra segura minha esperança
Ele será meu escudo e quinhão
Enquanto a vida durar

« Página anteriorPróxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.